segunda-feira, 26 de março de 2012

Os 7 hábitos dos adolescentes altamente eficazes

          O autor Sean Covey escreveu um guia para adolescentes que buscam o sucesso; este baseou-se no best seller Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes.
          Caros leitores, para que possamos compreender a proposta de Covey, precisamos pontuar o que é ser EFICAZ - significa produzir efeito,dar bom resultado. O autor afirma que esta compreensão passa pelo entendimento do que é ser ineficaz, produzir estas características:
- ser reativo : ser sempre a vítima;
- não fazer pklanos : deixar a vida te levar;
- encarar a vida como uma competição agressiva : um vale tudo;
- falar primeiro e ouvir só depois;
- não cooperar;
- e finalmente desgastar-se.
         Existem dois tipos de pessoas : as proativas e as reativas.

PROATIVAS - Decidem a vida baseada em valores, pensam para agir, são como água...
REATIVAS-  Reagem no impulso, são efervecentes como latas de refrigerante.

          Como você se identifica? Como são suas relações intra e interpessoais? Você tem se cuidado?Tem cuidado de suas relações? Encontra-se em paz|? Promove a paz?
           Como você vive: está assentado na poltrona do motorista ou no banco dos passageiros?
           Reflita sobre isto e comente.

terça-feira, 20 de março de 2012

Sugestão de leitura

 Alunos(as), pais, professores, vale  apena conhecer a obra : Eu me cahmo Pedro , Você me chama Baleia. Leia a resenha e confira.


RESENHA

Autor: ALMEIDA, Geraldo Peçanha de

Obra: Eu me chamo Pedro

            Você me chama Baleia.                 Editora Pró-infantil, 2008



              O autor relata as expectativas de seu personagem – Pedro Henrique – em retornar à cidade de sua infância. Hoje, homem bem sucedido,enquanto viaja em seu “carrão” guiado por seu motorista,sente o coração a 500km por hora, a cada lembrança, que gera muita tristeza e insegurança.

              Pedro está com medo do que vai ver, mas sua curiosidade é maior… lembra com saudades de seu avô, que o chamava Téco e o buscava na escola;a rua onde mrava e era chamado de Pedrão; o mais doído, era o campinho onde era o Baleia…

               O motorista pára o carro e quer saber o que farão… Pedro está ansioso, ouve vozes: é o Pedro Henrique, o Téco, o Baleia? Eles lembraram…. O que será que ele fez?

              Vale a apena conhecer os sentimentos do Pedro Henrique, você vai identificar muitas situações de sua vida ou de outros. Este livo do Peçanha tem um exemplar na biblioteca da ENSA. Confira.